Barra 2019.png

PARCEIROS

Os nossos principais parceiros no terreno são a AVOMACC (Associação Voluntária de Mães de Crianças Carenciadas), a Plataforma Makobo, a Paróquia de S. João Baptista do Fomento, o Centro DREAM da Comunidade de Sant’Egídio e a Congregação das Irmãs de Santa Doroteia de Moçambique. 

Avomacc

logo.png

A AVOMACC, o nosso principal parceiro no terreno, é uma associação de interesse social, sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica e autonomia administrativa e financeira. Desenvolve várias atividades, nomeadamente: creche e jardim infantil, para as crianças (integrando atividades de música, dança, teatro, educação física, expressão plástica, língua portuguesa, língua inglesa e matemática), trabalho na machamba (horta), floricultura, venda de flores e produtos hortícolas, costura, venda de produtos de costura e alfabetização, para as mães.

Esta instituição tem como principal objetivo  a criação de oportunidades de emprego para mães e mulheres desempregadas e com carências económicas severas, permitindo, simultaneamente, o acesso a educação pré-escolar, alimentação e nutrição adequadas e cuidados de saúde primários para as crianças do seu núcleo familiar com idades entre os 0 e os 5 anos. Enquanto as crianças ficam na creche ou no jardim infantil, as mães trabalham nas diversas atividades da AVOMACC, fomentando, assim, o sentimento de responsabilidade e o compromisso. De um modo geral, pretende-se promover a melhoria das condições de vida destas mulheres e crianças carenciadas, através da educação, alimentação e saúde, e ainda a auto-sustentabilidade do projeto.

Atualmente, a AVOMACC é dirigida por mulheres moçambicanas que foram acolhidas inicialmente pelo próprio projeto, contribuindo para o incentivo e desenvolvimento do empreendedorismo local.

A AVOMACC desenvolve a sua atividade em Malhampsene, Matola, abraçando cerca de 110 crianças carenciadas e cerca de 80 mulheres e 10 homens que trabalham nesta associação. A maior parte destas mulheres são jovens, solteiras e com elevado número de filhos (em média 5 filhos), vivendo em casas com poucas condições de habitação e com grandes agregados familiares. Cerca de um terço destas mulheres é seropositiva, assim como uma percentagem significativa das crianças. A grande maioria destas mães vive com enormes dificuldades e carências, mas jamais se pode negligenciar o facto de serem trabalhadoras e ávidas de aprendizagem, o que constitui a força motriz da AVOMACC.

Esta associação conta ainda com um importante projeto de apadrinhamento, EU & TU NA AVOMACC, que permite apoiar as crianças mais carenciadas da associação, bem como participar na doação de alimentos para as refeições, cabazes alimentares para as famílias ou combustível para o transporte escolar diário das crianças.


Plataforma makobo

A Plataforma Makobo - Solidariamente Sustentável é um espaço de trabalho coletivo constituído com a missão de promover e fomentar serviços que visem o bem-estar social e a auto-suficiência de grupos menos favorecidos. Através de ações de responsabilização individual e corporativa, realizadas de forma planeada e sustentada, pretende  a maximização de aptidões de indivíduos, dotando-os de habilidades para o seu sustento e que contribuam para o desenvolvimento económico, social e cultural da sua comunidade e do País.

O projeto está dividido em várias valências:

  • Sopa Solidária: Distribuição alimentar de sopa e pão pelas ruas de Maputo oferecendo  diariamente cerca de 600 sopas, beneficiando 2000 pessoas todas as semanas, principalmente idosos e crianças. Tem por objetivo o estabelecimento de uma relação de cooperação entre os voluntários e a população-alvo e a reabilitação social através da sinalização de futuros colaboradores. Promove ainda a sensibilização para a problemática da má nutrição em Moçambique. Atualmente, a Sopa Solidária é responsabilidade de jovens moçambicanos que foram inicialmente beneficiários do projeto e é confeccionada por restaurantes parceiros e por voluntários do projeto, alternadamente;

  • Sopa Solidária Masterchef: Uma iniciativa que se realiza todas as semanas e inclui a preparação da Sopa a ser distribuída aos seus beneficiários;

  • Artesanato Solidário: Produção local de produtos artesanais para venda, contribuindo para o desenvolvimento e crescimento económico da população e promovendo a arte e cultura moçambicanas. Esta linha de produtos é utilizada como imagem do projeto, sendo a distribuição da sopa solidária feita em tigelas artesanais produzidas através desta vertente;

  • Escolinha Solidária: Um espaço de literacia, lúdico e sócio-pedagógico para crianças residentes no Bairro dos Pescadores da Costa do Sol, em Maputo;

  • Lancheira Solidária: Apoio nutricional para crianças dos 3 aos 17 anos, residentes em bairros periféricos da Cidade de Maputo, a frequentarem o ensino primário público. É entregue um termo com uma refeição completa a cada criança e feita a sua avaliação nutricional no decorrer do projeto. Em troca deste apoio é pedido a cada família que proceda à plantação de uma pequena horta e uma árvore de fruto de forma a promover a responsabilização da família e a auto-sustentabilidade da comunidade;

  • Padaria Solidária: Visa ser uma fonte de sustentabilidade do projeto Lancheira Solidária e permite a criação de oportunidades de formação profissional e emprego para jovens carenciados;

  • O Parquinho Solidário: Espaço lúdico-educativo, itinerante, para diversão e integração sócio-pedagógica de crianças carenciadas, principalmente, para a inclusão social de crianças sem-abrigo;

  • Doe Uma Hora por um Sorriso: Dinamização das crianças sujeitas a internamento no Hospital Central de Maputo;

  • Diga Não À Mendicidade: uma iniciativa em parceria com o Município de Maputo, com o Instituto Nacional de Apoio Social (INAS) e com instituições da sociedade civil, com vista à inclusão económica e social de praticantes de mendicidade na Cidade de Maputo. Beneficia, principalmente, idosos, deficientes, adolescentes e crianças praticantes de mendicidade na Cidade de Maputo.


paróquia de s. joão baptista do fomento

A Paróquia de S. João Baptista do Fomento localiza-se no Bairro do Fomento, Matola, contando com o apoio local da Congregação das Irmãs Doroteias. Além das atividades e celebrações católicas, a Paróquia intervém na dinamização de grupos de escuteiros, jovens adolescentes, idosos e congregações cristãs com os quais o projeto colabora.


dream

O DREAM é um programa de abordagem transversal, multidisciplinar e abrangente no combate à problemática da SIDA em África, lançado em fevereiro de 2002 pela Comunidade de Sant’Egídio.

Os seus dois pilares de atuação são as temáticas da Prevenção e do Tratamento, constituindo a gratuitidade e a facilidade de acesso os principais enfoques do projecto.

O DREAM nasceu para tornar possível e acessível, não só a terapia antirretroviral, mas também todo o complexo de medidas e fatores que a pudessem tornar eficaz. Em particular, trata-se da educação para a saúde, do apoio nutricional, do diagnóstico avançado, da formação de pessoal, mas também do diagnóstico e tratamento de outras patologias crónicas e agudas, como a hipertensão arterial, a diabetes, as doenças cardiovasculares, malária, tuberculose, infeções oportunistas e, sobretudo, má nutrição.

Deste modo, o sistema procura satisfazer as necessidades dos pacientes, através de uma abordagem holística que é essencial no contexto africano e que assegura elevadas taxas de retenção.

Em zonas rurais, como aquelas em que o Medicina Mais Perto: Moçambique atua, o projeto toma uma importância extrema dadas as dificuldades de acesso aos centros de saúde por parte das populações residentes.